Olá pessoal!
  Eu tive uma ideia nessa semana que eu achei um pouco diferente, ao invés de resenhas eu vou fazer O que eu achei?. Que não é muito diferente na realidade...

  Minha história de amor com Os Instrumentos Mortais começou no ano passado, minha amiga tinha lido e eu fiquei curiosa sobre essa coleção. Bom, eu li o primeiro livro na escola - emprestei da biblioteca - e gostei bastante, tanto que comprei o segundo livro. Cidade de Vidro é o terceiro livro da coleção (são 6 livros), e eu ganhei ele de presente de aniversário da minha amiga.

Enfim vamos ao que realmente faz sentido nesse post: A minha opinião sobre esse livro. Quando eu comecei a ler eu realmente não sabia o que esperar - apesar de alguns spoilers sobre a coleção... Gente, sério, o que foi esse livro? Quando eu achava que as coisas estavam começando a dar certo... BOOM! Descubro que estava totalmente enganada. Motivo 1: Essa coleção ia ser uma trilogia, então como eu não sabia comecei a ler pensando que certas coisas só iam acontecer no último livro da série. Gostei bastante do livro, me surpreendi mais do que eu imaginava e indico para você.

 Olá gente!
  Já faz um tempinho que eu li As vantagens de invisível, mas como eu já havia falado sobre o filme aqui no blog, nada mais justo que também falar sobre o livro, né?

Título: As vantagens de ser invisível
Título original: The Perks of Being a Wallflower
Autor: Stefhen Chbosky
Páginas: 224
 Ao mesmo tempo engraçado e atordoante, o livro reúne as cartas de Charlie, um adolescente de quem pouco se sabe - a não ser pelo que ele conta ao amigo nessas correspondências -, que vive entre a apatia e o entusiasmo, tateando territórios inexplorados, encurralado entre o desejo de viver a própria vida e ao mesmo tempo fugir dela.As dificuldades do ambiente escolar, muitas vezes ameaçador, as descobertas dos primeiros encontros amorosos, os dramas familiares, as festas alucinantes e a eterna vontade de se sentir "infinito" ao lado dos amigos são temas que enchem de alegria e angústia a cabeça do protagonista em fase de amadurecimento. Stephen Chbosky capta com emoção esse vaivém dos sentidos e dos sentimentos e constrói uma narrativa vigorosa costurada pelas cartas de Charlie endereçadas a um amigo que não se sabe se é real ou imaginário.

 Olá, gente!
Você já deve ter percebido que ultimamente muitos livros estão sendo adaptados para o cinema, e hoje, vou falar dos que eu estou mais ansiosa para a estreia!


1. O número um da minha lista de favoritos sem nenhuma dúvida é A Seleção. Quando fiquei sabendo que iria virar filme eu surtei de tanta felicidade! O filme não tem data de estreia ainda e nem atores confirmados. Mas que vai virar filme, vai!

2. Eu li Deixe a Neve Cair ano passado, e como eu amei esse livro! São três contos natalinos que no final faz todo o sentido, sério, você precisa ler. O filme será lançado 9 de dezembro desse ano, ainda não tem atores confirmados. #OMG!

3. Eu ainda não li Como eu era antes de você, mas estou super ansiosa para ver o filme porquê eles estão falando muito bem do livro - e eu vou conseguir ler o livro antes da estreia <3. Segundo meu amigo Google a data de lançamento será 3 de março desse ano, Emilia Clarke como Louise Clark e Sam Caflin como Will Traynor.

4. Eu já fiz resenha de Quem é você, Alasca ? aqui no blog, e confesso que estou um tanto que curiosa para saber como vai ser o filme. Ainda não tem data de estreia, mas parece que vai ser lançado esse ano, não tem elenco confirmado.

Espero que os filmes sejam tão bons quanto aos livros - que não mudem nadinha. E aí qual livro que você queria que virasse filme? Comenta aí!

"Se as pessoas fossem chuva, eu seria garoa, e ela um furacão."
Título: Quem é você, Alasca?
Título original: Looking for Alasca
Autor: John Green
Páginas: 229

Miles Halter é um adolescente fissurado por célebres últimas palavras - e está cansado de sua vidinha segura e sem graça em casa. Vai para uma nova escola à procura daquilo que o poeta François Rabelais, quando estava a beira da morte, chamou de o "Grande Talvez". Muita coisa o aguarda em Culver Creek, inclusive Alasca Young. Inteligente, espirituosa, problemática e extremamente sensual, Alasca levará Miles para o seu labirinto e o catapultará em direção ao "Grande Talvez".
 Quando eu comecei a ler "Quem é você, Alasca?" não fazia ideia do que aguardava. Bastante gente elogiou bastante esse livro que eu acabei comprando para saber se era bom mesmo, e sinceramente, eu fiquei meio a meio na questão de ter gostado do livro. Um pouco da minha decepção talvez seja porquê eu nunca tinha lido um livro do John Green e, como eu já disse, não sabia o que esperar, e no fim me decepcionei um pouco por culpa da expectativa enorme (Acho que ficou um pouco confuso, mas da pra entender, né?). O que eu gostei bastante nesse livro foi o suspense até saber o que iria acontecer no final da história o que me fez ler muito rápido.  Gostei da história, gostei dos personagens, acho que o que me fez ficar um pouco decepcionada foi a minha ansiedade por ler um do John Green (Acho que vou reler, para ver se era só por isso mesmo hehe).

 Classificação

Você já leu "Quem é você, Alasca?"? O que achou? Comenta aí <3